Smart Cities

Toda a Administração Pública está a unir-se em torno do conceito de cidades inteligentes – também conhecidas como comunidades resilientes, cidades sustentáveis, comunidades habitáveis e nação inteligente, com os subtemas cidades seguras, comunidades saudáveis, rede eléctrica e de distribuição de água inteligente e transportes inteligentes.

A implementação dos Sistemas de Informação Geográfica, ao nível Local, tem vindo a garantir a criação de cidades e comunidades cada vez mais inteligentes e eficientes, permitindo uma visão integrada e transversal dos diferentes sectores de actuação Municipal. Esta visão holística tem-se traduzido numa melhor capacidade de resposta dos serviços, visando não só a redução de custos internos, como também o aumento das receitas e da eficiência na resposta aos munícipes.

O crescente aumento da utilização dos SIG, de uma forma transversal, dá respostas aos processos de gestão em áreas como os Transportes, Saúde, Educação, Obras Públicas, Ambiente, Eficiência Energética, Acção e Habitação Social, Infra-estruturas e Protecção Civil.

Reconhecemos que, na sua essência, a construção de comunidades inteligentes implica trabalhar lado a lado com a administração central, comunidades intermunicipais, associações de desenvolvimento local, autarquias e freguesias, para compreender as necessidades destas organizações. Existem múltiplas abordagens inteligentes que foram criadas para satisfazer as necessidades de uma comunidade inteligente de próxima geração. No entanto, na sua maioria foram desenhadas para grandes áreas metropolitanas ou focadas num único problema. Depois de anos a trabalhar em parceria com dezenas de entidades em todo o país e a questionar como podemos realmente ajudar, desenvolvemos um caminho claro. A nossa abordagem visa apoiar a sua entidade, independentemente do seu tamanho ou localização geográfica, e reforçar todas as suas operações, disponibilizando soluções que abrangem as mais diversas várias áreas.

Soluções à sua medida, fale connosco